quarta-feira, 2 de março de 2016

Farinha Torrada de Sesimbra: A receita Original

(Fotos: Wolf at The Door)

Tal como já vos tinha dito, meus 5.75 leitores, a Farinha Torrada de Sesimbra é um dos doces mais saborosos que conheço, mas tem um grave problema:  a receita não se encontra ao alcance de todos, uma vez que é transmitida de pais para filhos. Um dos grandes segredos está, não só nas quantidades dos ingredientes, mas, também, na forma como estes são amassados. Como faço tudo para vos ver felizes, e porque recebi inúmeros emails de leitores a pedirem-me a receita, fui para o terreno e consegui obter aquela que, supostamente, é a mais tradicional, usada há décadas pelas famílias sesimbrenses.
Facto é, que a minha tia P., que faz a melhor farinha torrada do planeta, utiliza-a, e é simplesmente divinal, além de muito simples de fazer. O truque está realmente nas proporções dos ingredientes. Experimentem, e depois digam-me o que acharam, sim? Mas digam mesmo.

Ingredientes:
- 3 Ovos
- 700 Gramas de farinha
- 700 Gramas de açúcar-amarelo
- 200 Gramas de chocolate de culinária (de boa qualidade)
- Raspa de dois limões.
- Canela Q. B.

Preparação:
Unta-se um tabuleiro de forma rectangular com farinha e manteiga. No seu interior, coloca-se a farinha, depois o açúcar, o chocolate raspado com uma faca (e não com um raspador), e a raspa do limão. Mistura-se tudo, muito cuidadosamente, com um colher de pau. Por fim, adicionam-se os ovos inteiros, que devem ser envolvidos, suavemente, com a dita colher. Coze-se em forno aquecido a 180º C, durante, aproximadamente, quinze minutos. Desenforma-se, ainda quente, e cortam-se em quadrados. Não deixem arrefecer, porque, senão, fica demasiado dura. Se não estiver muito calor, dura cerca de uma semana fora do frigorífico, e vai enrijecendo à medida que o tempo vai passado, daí o nome: “farinha torrada”.

Dica do Lobo: Servir ainda quente, acompanhada por uma bola de gelado de limão. Fica simplesmente divinal. 

(Fotos: Wolf at The Door)

1 comentário :

  1. O segredo está também no amassar, que é apenas amassar com as mãos e não com qualquer utensilio.

    ResponderEliminar