terça-feira, 22 de março de 2016

Tártaro de polvo de Sesimbra: Uma receita simples, diferente e deliciosa

 (Foto: Wolf at The Door)
Felizmente, em casa dos meus pais há, regra geral, peixe, lulas, chocos e polvo fresco, com muita frequência. Por isso, desde muito cedo, comecei a ensaiar receitas com “sabor a mar”. A frescura e a qualidade excepcionais do pescado da nossa costa fazem com que, à partida, qualquer receita, por mais simples que seja, esteja ganha.
No entanto, ando, constantemente, à procura de novas inspirações, pelo que, quando pus os olhos nesta receita do grande José Avillez, murmurei para os meus botões: "Vai ter que ser". E foi. Repeti-a tantas vezes que, se não fosse tão boa, os meus amigos já se teriam fartado. Mas, curiosamente, pedem sempre mais. A vantagem é que, apesar de o nome tártaro dar um ar complicado [e sofisticado] à receita, é mesmo muito simples e fácil de concretizar, e, meus 5.75 leitores, podem acreditar que é sucesso garantido. Palavra de #lobo. 

Ingredientes:
- 1, 5 Kg de polvo de Sesimbra congelado
- Maionese caseira Q. B.
- 250 ml de vinho tinto
- ½ Cebola
- 1 Folha de Louro
- 1 Cravinho
- Coentros Q. B.
- Azeite Q. B.
- Alho em pó Q. B.
- 1 Dente de Alho
- Cebolinho Q. B. 
- Gengibre Q. B. 
- Sumo de lima Q. B. 

Preparação:
Numa panela de pressão, coza o polvo com vinho, água, cebola, louro, cravinho e um pouco de sal. Deixe arrefecer, retire a pele e reduza-o a pedaços. Entretanto, corte o pão caseiro em fatias finas, cubra-as de azeite e alho em pó, e toste no forno. Numa taça, coloque a maionese e adicione o alho o gengibre bem picadinhos. Envolva o polvo, o cebolinho, os coentros e o sumo de lima. Remate com o azeite e o alho em pó. Sirva, acompanhado pelas tostinhas. É um verdadeiro sucesso.

Dica do #lobo: Use mesmo o polvo da nossa costa. Vai ver que faz toda a diferença. 

Sem comentários :

Publicar um comentário