terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Liliane Marise: um Carnaval em "Fashion"

Meus caros 5.75 leitores, eu  não sei quanto a vocês mas o Carnaval do #lobo já começou, e em grande. Aqui em Sesimbra é tradição fazer-se, no Sábado antes, o "Baile Trapalhão", evento que marca o inicio das hostilidades, onde é suposto ir-se mascarado com uma "trapalhice" qualquer. Uma vez que não sou dada a coisas mal feitas, pus-me a magicar com as minhas amigas. Foram postas muitas opções em cima da mesa: professora,  enfermeira, menina da escola [WTF?], mas nenhuma que me agradasse [e que não me cheirasse a máscara duvidosa]. Após horas de discussão chegamos a um consenso: Cantora Pimba. Mas não uma cantora pimba qualquer: A única, a espetacular, a maravilhosa, a fofuxa: LILIANE MARISE. Sou fã desta mediática personagem da Maria João Bastos, e não podia perder a oportunidade de vestir as plumas e as lantejoulas e sair para a rua a cantar: "Eu quero uma mala chique, eu quero uma mala chique, que eu vi lá  na boutique", ou: "Se te portas mal tu vais sentir dor, tu vais levar pancadinhas de amor". Os fatos foram feitos basicamente com peças dos carnavais passados. Apenas tivemos que comprar as plumas, as leggins douradas, as unhas, as pestanas, e as madeixas vermelhas que são mesmo feitas em cabelo natural. Para dar um ar mais realista, vimos vários vídeos da Liliane e tentámos montar o "boneco" na perfeição. Até os brincos eram iguais. Para abrilhantar este bonito cenário, usei umas botas acima do joelho, da Globe, que foram compradas nuns saldos do Freeport e são 100% em pele. Apesar de [por motivos óbvios] não terem grande utilidade, encaixaram na perfeição e deram o toque final ao disfarce. "Meus fofuxos, eu amo vocês". 

Sem comentários :

Publicar um comentário